Páginas

domingo, 19 de março de 2017

FRATERNIDADE NOSSA SENHORA DA APRESENTAÇÃO - MChFM

O Dia de São José é comemorado anualmente em 19 de março. Esta é uma data religiosa que celebra a figura do "pai terreno" de Jesus Cristo e esposo de Maria, mãe de Cristo: José de Nazaré ou José, o Carpinteiro é um dos santos mais venerados pela Igreja Católica em todo o mundo.
 
São José, esposo de maria, Padroeiro da Igreja  e Patrono do Instituto Marista.
A missão de José na história da salvação é dar a Jesus um nome, fazê-lo descendente da linhagem de Davi, como era necessário para que as promessas se cumprissem. Por sua fé, honestidade e retidão, foi escolhido entre todos os homens a ser pai de Jesus e esposo fiel da Virgem Imaculada. São José, rogai por nós! Rogai por nossas famílias!
 
São José, protetor da Sagrada Família
Hoje São José acolhe a Igreja, da qual é o patrono e grande intercessor de todos nós
Celebra-se hoje, 19 de março, a Solenidade de São José. Neste dia, a Igreja, espalhada pelo mundo todo, recorda solenemente a santidade de vida do seu patrono.
Esposo da Virgem Maria, modelo de pai e esposo, protetor da Sagrada Família, São José foi escolhido por Deus para ser o patrono de toda a Igreja de Cristo.
Seu nome, em hebraico, significa “Deus cumula de bens”.
No Evangelho de São Mateus vemos como foi dramático para esse grande homem de Deus acolher, misteriosa, dócil e obedientemente, a mais suprema das escolhas: ser pai adotivo de Nosso Senhor Jesus Cristo, o Messias, o Salvador do mundo.
“Quando acordou, José fez conforme o anjo do Senhor tinha mandado e acolheu sua esposa” (Mt 1,24).
O Verbo Divino quis viver em família. Hoje, deparamos com o testemunho de José, “Deus cumula de bens”; mas, para que este bem maior penetrasse na sua vida e história, ele precisou renunciar a si mesmo e, na fé, obedecer a Deus acolhendo a Virgem Maria.
Da mesma forma, hoje São José acolhe a Igreja, da qual é o patrono. E é grande intercessor de todos nós.
Que assim como ele, possamos ser dóceis à Palavra e à vontade do Senhor.
São José, rogai por nós!
Postado: Animador Irineu Maciel de Medeiros.

A FRATERNIDADE NOSSA SENHORA DA APRESENTAÇÃO - MChFM NO DIA 17/03/2017 - FALECIMENTO DO IRMÃO SALATIEL.






No dia 18 de março a Fraternidade Nossa Senhora da Apresentação mandou celebra uma missa em intenção do falecimento do Irmão Salatiel Franciscano do Amaral na Capela do Colégio Marista de Natal. 
O Irmão Salatirl, nasceu na cidade de Caiçara/PB em 25 de fevereiro de 1930. Recebeu o hábito religioso em Apipucos, Recife/PE, no dia 16 de janeiro de 1947.
Durante seu apostolado, exerceu as funções de: SUPERIOR PROVINCIAL da Província Marista do Brasil Norte (1962 a 1969), Superior de Comunidade, Diretor, Formador, Professor, Tradutor e Assessor Provincial do  Movimento Champagnat da Família Marista (2006 a 2012).




A Fraternidade Nossa Senhora da Apresentação em preces pelo descanso eterno do nosso querido e amigo Irmão Salatiel.
Postado: Irineu Maciel de Medeiros.


domingo, 5 de março de 2017

FRATERNIDADE NOSSSA SENHORA DA APRESENTAÇÃO - MChFM - REUNIÃO DIA 03 DE MARÇO DE 2017















]Natal 03 de março de 2017 – 1ª Sexta feira do Mês.
1ª Semana da Quaresma.
Lembrete: Primeira sexta-feira do mês.
2º Momento com um café como os Irmãos.
Leitura do Calendário Marista 2017 - Irineu Maciel.
Logo em seguida tivemos abertura da reunião Irineu, começamos com Oração realizada pelo Ir. Getúlio.
COM O TEMA: TEMPO PARA MUDAR.
A quaresma é um tempo de preparação para a Páscoa. A todos chega o insistente apelo: convertei-vos!
Mas para que nos converter? Para realizarmos o grande projeto pessoal e comunitário de uma vida mais conforme aos planos de Deus, onde os pobres e os demais desprezados sejam mais considerados e passem a ser tratados como Irmãos.
PEÇAMOS O PERDÃO.
CAMINHOS QUAREMAIS.
A QUARESMA LEVA A MISSÃO.
3º Momento Estudo sobre Creio em Deus Pai todo-poderoso.
Realizado este momento pelo Ir. Getúlio.
Postado: Irineu Maciel de Medeiros.
Natal 05 de março de 2017.















sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

FRATERNIDADE NOSSA SENHORA DA APRESENTAÇÃO REUNIÃO 17/02/2017



















Reunião da Fraternidade Nossa Senhora da Apresentação 17/02 as 8h.
Estudo sobre o credo – Os pressupostos da fé cristã.
Quando nós dizemos “eu creio”, estamos dando uma resposta a Deus, que se revelou a mós, atraves de toda a história da salvação, através de Jesus Cristo e através da tradição da Igreja.
Na revelação de Deus nós temos a resposta para todas as interrogações existenciais que o homem possa fazer-se. Por isso dizemos que a fé nos dá o sentido último de nossa vida.




Os pressupostos da fé cristã
Muitas pessoas foram batizadas, mas encontram-se hoje fora da vivência cristã. Mas ao serem questionadas, dizem que creem em Deus.
Dizer “eu creio” é dar uma resposta de fé a Deus que se revelou ao homem na história. É, então, essencial termos uma noção clara do que é a fé.
O Catecismo da Igreja Católica divide o capítulo da fé em três partes, focalizando a relação do homem com Deus.
O homem é capaz de Deus
Deus vem ao encontro do homem
O homem responde através da fé


O homem é capaz de Deus
O homem tem necessidade de Deus e tem capacidade para buscá-lo: o homem é capaz de Deus.
A moderna antropologia comprova que o homem é, por natureza e por vocação, um ser religioso, porque em todos os tempos e lugares houve sempre uma busca de Deus. O homem sempre encontrou formas de louvor e culto a Deus ou aos deuses.
A observação da natureza levou os homens a descobrirem a fantástica ordem do universo, funcionando perfeitamente. Tudo tão perfeito só poderia ser ação de um ser inteligente, sumamente poderoso.
Assim, considerando as realizações e descobertas da ciência, a Igreja ensina que Deus pode ser conhecido, com certeza, pela luz natural da razão humana, partindo das coisas criadas.
Como nosso conhecimento é limitado, para conhecer a Deus a sua revelação é sempre insubstituível.


Deus vem ao encontro do homem
A iniciativa de se revelar ao homem é sempre de Deus, isto é, Deus vem ao encontro do homem, através da história da salvação, através de Jesus e através da Igreja e sua Tradição.


Na história da salvação
Criação
Toda a obra da criação é uma manifestação de Deus, especialmente a criação do homem e da mulher feitos à sua imagem e semelhança. Todavia, a postura humana de querer ser igual a Deus e não apenas parecido, gerou o pecado, que é a ruptura da aliança original.


Aliança com Noé
O pecado levou à decadência total da humanidade, suscitando em Deus o “arrependimento” diante da criação. Mas, a figura de Noé, homem bom e temente a Deus, possibilita uma nova aliança: trata-se de um pacto após o dilúvio. Deus quer salvar a sua obra.


Aliança com Abraão


Com o passar do tempo os homens se dispersaram e para congregar a humanidade dispersa, Deus elegeu Abraão para ser o pai de um novo povo. Esta iniciativa de Deus deu origem a um novo pacto e iniciou a história do povo eleito, do qual haveria de nascer um Salvador.


Aliança com Moisés
Para libertar o povo do Egito, Deus elegeu Moisés e agiu através dele. Fez uma nova aliança, agora escrita nas Tábuas da Lei. São os Dez Mandamentos.


A ação dos profetas
O homem sempre caía na idolatria e se afastava do Deus verdadeiro. Os profetas vêm, um após o outro, ao longo dos séculos, para recordar os mandamentos e reacender a esperança na vinda do Salvador.


Na pessoa de Jesus Cristo
Na plenitude dos tempos, Deus enviou o próprio Filho, que se encarnou e viveu entre os homens com muitos prodígios e com uma nova mensagem: foi condenado, crucificado e ressuscitou. Ele está vivo e continua agindo na Igreja e nos sacramentos.
Ele prometeu o Espírito Santo, que seria enviado por Deus para permanecer com os apóstolos até o fim dos séculos. A vinda do Espírito Santo opera uma transformação profunda nos apóstolos, que se tornam pregadores e testemunhas de Cristo ressuscitado.


Na ação da Igreja
Os apóstolos fundam comunidades, que permanecem reunidas em torno do Papa, sucessor de Pedro, e formam a Igreja Universal.
Deus se revela constantemente por meio da Igreja e o Espírito Santo continua agindo através dela, inspirando os sucessores dos apóstolos.


A revelação de Deus está presente em três modos de transmissão:


Oral – foi a pregação “daquilo que Jesus fez e disse” feita pelos apóstolos e pelas primeiras comunidades.


Escrita – foi a colocação por escrito da pregação oral, formando os textos do Novo Testamento


Viva – é o ensinamento feito pelo Magistério da Igreja, quando se pronuncia nos concílios e em documentos oficiais
Esse conjunto de ensinamentos, que foi confiado à Igreja é chamado de Depósito da Fé. Dentro dele também encontramos os dogmas e o senso sobrenatural da fé.
Dogmas – são uma orientação clara da Igreja sobre pontos fundamentais da fé cristã. São poucos e foram proclamados pela Igreja seguindo a crença e a fé do povo de Deus.
Senso sobrenatural da fé – está presente em todos os batizados, pois receberam a unção do Espírito Santo, que instrui e conduz à verdade da fé. O dom da fé precisa ser cultivado por um constante estudo e aprofundamento.


O homem responde através da fé
A fé é então uma resposta do homem à proposta de Deus.
A Bíblia nos apresenta homens e mulheres como modelos de fé, que aceitaram o chamado de Deus e confiaram em suas promessas: Abraão, o pai da fé; Maria, a mãe do Salvador.
Ao longo da história foram milhares de homens e mulheres, na maioria desconhecidos, que foram testemunhas da fé. Mas nem todos.
Aí vem a pergunta: Por que alguns são testemunhas da fé e outros não?
1º – Porque a fé é uma graça, é um dom gratuito de Deus, dado aos homens sem mérito próprio, que em determinado momento da história do homem ele se desenvolve.
2º – A fé é também um ato humano, dependendo do esforço do homem. Porque crer é uma atitude responsável, que inclui: um ato de inteligência – só se crê naquilo que a razão aceita e pode explicar para os outros. Um ato de vontade – só se crê quando se tem vontade, ninguém pode ser obrigado a ter fé. Um ato de liberdade – só se crê naquilo que se quer, ninguém pode ser forçado a crer, já que implica em responsabilidade.


Estudo sobre o credo para o grupo.
Tema:  Os pressuposto da fé cristã.
Palestra Ir. Getúlio,
Postado: Irineu Maciel de Medeiros -  MChFM.


 





domingo, 5 de fevereiro de 2017

INICIO DAS ATIVIDADES DA FRATERNIDADE Nossa Senhora da Apresentação 2017


INICIO DAS ATIVIDADES DA FRATERNIDADE Nossa Senhora da Apresentação 2017

 

A Fraternidade Nossa Senhora da Apresentação – MChFM, Iniciou as suas atividades dia 03 de fevereiro com a Santa Missa celebrada na capela do nosso Colégio Marista de Natal pelo Capelão Padre Virgílio, junto aos Irmãos e toda comunidade educativa, equipe pedagógica, professores, estudantes, pais e familiares. Neste momento celebrativo foi comemorado os 200 anos do Instituto Marista que no dia dois de janeiro comemorou o bicentenário e também em comemoração no dia, 02 de fevereiro, os 60 anos de Vida Religiosa Consagrada a Deus e ao Instituto Marista, o Irmão José Getúlio Silveira.

Após a Santa Missa nós que fazemos a fraternidade Nossa Senhora da Apresentação nos deslocamos para a residência dos Irmãos para partilharmos o café da manhã junto à comunidade religiosa do colégio: Diretor do Colégio, Ir. José de Assis Elias de Brito, Coordenador da Pastoral Ir. Claudio Jairo Gomes Espínola, Assessor da Fraternidade Ir. José Getúlio Silveira, Ir. Elizeudo, Ir. Joaci Pinheiro de Sousa e o Padre Virgílio. Este momento de confraternização todos nós reunimos em torno da mesa. O Ir. Assis fez uso da palavra e logo em seguida eu agradeçi a toda comunidade religiosa por estes dois momentos que celebramos junto a toda comunidade Marista de Natal.

 

Após estes dois momentos deslocamos para sala de reunião e demos início as nossas atividades do ano de 2017.

Iniciamos com oração: Invocando o Divino Espirito Santo.

Este momento de oração foi realizado pelo Ir. Getúlio – Oração da amanhã da Família Marista – Nossa Senhora da Apresentação.

1º Motivação

Caríssimos membros da fraternidade Marista Nossa Senhora da Apresentação, sejam todos(as) bemvindos(as) a nossa oração deste ano do Bicentenário Marista. Ano este de muitas comemorações.

Celebramos com alegria e gratidão, no dia 02 de janeiro passado, os 200 anos de fundação do Instituto Marista. ‘Juntos com Maria, rumo a um novo começo’, com coração de tenda.

Neste ano Jubilar do bicentenário Marista, somos sempre e cada mais convidados a um “novo começo”. E nossa inspiração é La Valla.

  • Momento da Palavra (Mt. 7,21-29).

  • 1. Quais semelhanças encontramos entre a casa de L Valla e a casa construída sobre a rocha, apresentada na parábola de Jesus?
  • 2. Como podemos fortalecer as três místicas de Champagnat (Presença de Deus, amor a Maria e confiança em Deus) em nossa fraternidade?
  • 3 . Estamos celebrando 200 anos de história Marista e vivendo um novo começo para o Instituto. Que razões temos para dar graças?
    Preces:

    Pai nosso ...
    Canto final.

Lembrete: Primeira sexta-feira do Mês. (Fevereiro)

Após este momento de oração me dirigi a todos os presentes algumas palavras para todos que fazem parte desta comunidade, aos meus amigos(as) fraternos por mais uma longa caminhada que teremos este ano.



Natal, 03 de fevereiro de 2017.

Irineu Maciel de Medeiros

A Fraternidade Nossa Senhora da Apresentação celebra hoje 60 anos de vida Religiosa Consagrada do Irmão José Getúlio Silveira.

 

Realmente, motivo para muita comemoração!

 

Um dia especial, uma data maravilhosa! Uma história Ir. Getúlio, que começou há tanto tempo, com a celebração dos primeiros votos religiosos. Os encantos daquele dia não se apagaram, continuam até hoje, para mostrar a todas (os) que vocação é dom de amar, servir, doar-se.

Certamente, foram muitos momentos importantes: afinal, 60 anos de entrega a Deus Pai que o chamou com ele para junto a São Marcelino Champagnat caminhar junto a todas dioceses do mundo, formam várias histórias que o tempo jamais pode apagá-las.

Naturalmente, muitas foram as dificuldades, desde os primeiros anos, fase de adaptação e de experiência, mas o bom senso, o diálogo, a compreensão, a lealdade e, sobretudo, a fé e a confiança em Deus o fazem vencedor.

Acredito que a cada desafio o Amor se renova para um novo começo e as sementes lançadas pelo senhor germinará, crescerá e dará novos frutos para o Instituto Marista.

Irmão Getúlio continua edificando vidas com o seu testemunho sincero de amor e fé, nesse universo tão carente de boas referências. Nesse dia 03/02 os Irmãos  desta casa e o MChFM – Fraternidade Nossa Senhora da Apresentação, familiares e amigos junto a todos os educadores deste Colégio durante a Jornada Pastoral Pedagógica se uniram em uma só voz para desejar-lhe toda a felicidade do mundo; felicidade que faz a grandeza desse momento sem igual para sua vida.

Poucos na vida Ir., têm a oportunidade de comemorar, com alegria e saúde, este inesquecível acontecimento. Por isso, em uníssono, agradecemos ao nosso Deus essa tão grande bênção.

Essas Bodas de Diamante demonstram a todas(os) presentes o quanto valeram à pena serenidade, a firmeza e a determinação com que o Ir. Getúlio vivencia o amor sincero de entrega a Deus e aos irmãos e irmãos sinhôs de Maria.

Ir. para as pessoas presentes, tenho a certeza que fica o exemplo. Portanto, ao religioso diamantado, só nos resta dizer “parabéns”, que a paz que emana de seu coração contagie as demais gerações, a fim de que eles possam seguir esse belo exemplo na longa caminhada como Ir. Marista. Mas o senhor tinha um grande sonho era ser missionário. Mas logo, em seguida nasceu a vocação de ser um religioso Marista. O homem propõe, mas Deus é que dispõe. Ele chama quem quer, onde e quando quer. (Um descrito por Ir. Getúlio).

A vocação à vida Religiosa que transcende deixa como legado indispensável à prática do amor e doação, na certeza de que “não fui eu que vos escolhi, mas vós que me escolheste”.

  

Natal, 03 de fevereiro de 2017.

Irineu Maciel de Medeiros – MChFM

Neste último momento:

·                     Foi dado alguns informes da equipe de Coordenação do Movimento Champagnat da Família Marista.

·                     Oração final foi realizada por Ir. Getúlio, junto a todos nós que participamos da reunião.



 POSTADO: Animador Irineu Maciel de Medeiros.






















Postado: Irineu Maciel de Medeiros - MChFM.